O Ministério

Quero destacar duas práticas que tem sido muitíssimo eficaz em nossa igreja local. A primeira é a comunhão entre as pessoas. Temos entendido pela Palavra de Deus, que o corpo bem ajustado pelas juntas e ligaduras cresce para o aumento em amor. Estar bem ajustado requer proximidade, amizade, companheirismo e amor.

 É muito importante conceder tempo uns aos outros. Para
que isso ocorra, temos que abrir mão dos nossos programas e nos interessar pelos programas dos outros. Investir tempo naquilo que é mais importante para os outros do que para nós. Esse é um exercício fundamental para que a comunhão seja cultivada na igreja. Altruísmo é a palavra chave.

O nosso desejo é sermos conhecidos como a igreja que se importa. Importar-se, passa obrigatoriamente por conhecer as necessidades. E para tal, é necessário comunhão. Mesmo quando muitas pessoas se aproximam, para terem suas necessidades supridas e não para cooperarem com a causa. Não importa, continuamos servindo.

Sabemos que é natural da natureza caída do homem querer receber e não dar. Mas o melhor caminho para ensinar a tais pessoas, é se doando.

Usamos alguns caminhos para que a comunhão seja efetiva na vida de todos ou ao menos da maioria. Temos um projeto chamado celeiro, que oportuniza a cada membro da igreja trazer um quilo de alimento não perecível por mês. Com esses recursos atendemos as famílias carentes da igreja.  Alimentar é um ato de amor. Especialmente as mães sabem disso, elas possuem essa vocação de forma acentuada.  Quando uma mãe carente recebe um ato de amor através da doação de alimentos pela igreja, ela sabe que queremos comunhão com toda sua casa.  Distribuir alimento deve estar no DNA da igreja. Foi a recomendação social que a igreja de Jerusalém fez a Paulo e sua equipe.

 Uma outra marca forte que temos é a comunhão que estabelecemos com os que ainda não são membros da igreja. Essa comunhão se dá através do projeto chamado de Operação Vida. É um projeto de grande impacto social, que realizamos em áreas carentes.

Durante uma semana, mobilizamos pessoas da igreja e também pessoas dos órgãos públicos, tais como: Secretaria de Educação, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Segurança, Corpo de Bombeiros e outro órgãos que se dispõem em participar. Distribuímos toneladas de alimentos, roupas e calçados. Promovemos atendimentos médicos, odontológicos e outros atendimentos de assistência social.

Temos equipes que atuam na área dos esportes e, no encerramento realizamos um grandioso Culto a Deus. Realizamos peças teatrais, louvor e pregação da Palavra de Deus.  A mensagem transmitida é que somos aqueles que se importam, porque Jesus se importa.

Também temos uma ação simples e de grande impacto, que acontece nos grupos familiares, em que no final de cada reunião é servido um lanche. Esse é o momento de comunhão. Temos visto que ao redor da mesa as barreiras da formalidade se dissipam, e muito é compartilhado sem restrição e com confiança.

Temos também como prática de incentivo à comunhão, um dia denominado de convivência. Vários grupos se reúnem para um dia de confraternização. Nesse dia uma refeição é compartilhada entre os presentes. Depois temos algumas práticas esportivas, jogos interativos e criativos. É tempo de rir, é tempo de brincar, é tempo de comunhão. Colocamos todos os tipos de nutrientes e vitaminas para que a comunhão seja frequente e cada vez mais saudável e desejável.

Uma vez por ano, temos o que chamamos de Acampadentro.  Esta prática ocorre em um lugar pré-determinado, podendo ser um hotel ou uma casa dos membros do grupo. Os homens se reúnem separados das mulheres.

O tempo investido é de comunhão, revisão de vida, definição de alvos, encorajamento, compartilhar de sonhos e de apoio intenso uns aos outros. Neste tempo desfrutem da companhia uns dos outros. Esse ambiente de confiança produz cura da alma, liberdade de compartilhar pontos fortes e pontos a serem melhorados.

Temos investido também em espaços de lazer nas dependências da igreja. Salas de jogos, pista de skate, quadras de futebol, basquete, vôlei. Temos também ambiente com churrasqueira, lugares para cafés e lanches.  Nesse espaço reúnem-se centenas de juniores e adolescente nos sábados. Também em outros dias e horários outros grupos desfrutam desses ambientes saudáveis de recreação.

 Temos um hotel campestre, que acomoda seiscentas pessoas, onde servimos três refeições diárias no restaurante Moringa D’água.  O hotel possui piscinas sendo uma térmica, sauna, salões de jogos, quadras de areia para a pratica do vôlei, uma quadra de gramas e uma quadra de piso de concreto coberta, para várias praticas esportivas. Usamos o hotel para cursos, treinamentos, lazer, retiros espirituais, e muito mais.

Temos promovido as mais variadas oportunidades para que a comunhão seja uma característica forte e essencial em nosso ministério. Outra pratica muito eficaz é o treinamento e capacitação de pessoas através de cursos.

Na bíblia o profeta Oseias faz um diagnóstico exato da razão pela qual o povo de Deus estava sendo destruído.O que me deixa impressionado, é que o agente destruidor, não foi um exercito poderoso, nem uma praga incontrolável. Também não foi a escassez econômica, ou de recursos matérias. O que estava destruindo o povo era a falta de conhecimento, era a ignorância.

Portanto, temos dado muita importância ao ensino. Ensinar através de vários meios e vários assuntos. A FATEMI-Faculdade de Teologia Ministerial é o nosso carro chefe. É um curso prático, inspirativo e capacitador.

Realizamos fóruns sobre economia, em que vários preletores, dentre os mais renomados do mercado, comparecem para ensinar sobre vários assuntos que são pertinentes aos empresários e profissionais liberais, tais como: finanças, marketing, previdência, gestão, recursos humanos, política, e tantos outros temas de instrução.

Temos aprendido a administrar na escassez, precisamos aprender a administrar na abundância.  Hoje atuam mais de trinta ministérios na igreja, e temos acertado e errado, mas acima de tudo, temos aprendido.

Os desafios são grandes, empolgantes e merecedores de serem enfrentados. Temos buscado manifestar dia a dia o reino de Deus. Salvando Vidas e Formando Líderes, até a volta do nosso Senhor Jesus Cristo.

Procuramos cada dia não sermos rebeldes à visão celestial. Sabemos que Deus tem feito grandes coisas ao redor do mundo. O que descrevemos aqui é um pouco do muito, que pela sua graça Deus nos tem permitido realizar. A razão é encoraja-lo a fazer o que O Espirito Santo tem dirigido a fazer, sem se cansar ou esmorecer.  Vamos seguir em frente, sendo abundantes na obra do nosso Deus e Pai.

Pio Carvalho

Acompanhe a Comunhão Cristã ABBA

Newsletter

Assine para receber todas as novidades no seu e-mail