Devocionais

Por: Katia Garajau

Separados, ungidos e enviados

Isaías 61

O Espirito de Deus está sobre nós e nos ungiu e enviou a anunciar o Seu amor e Sua obra de justiça aos que nos ouvirem, e para declarar a boa noticia da salvação e reajuste dos caminhos tortos para que passem a caminhar no caminho, o reto caminho.

Essa é a única boa notícia, a única melhor notícia que devemos anunciar através de nossa música, nosso som e nossa expressão artística!

Este é o caminho, andem nele.

Este é o prumo, se organizem através dele.

Porque dEle, por Ele e para Ele são todas as coisas.

 

Por: Bruna Prata

Um Passo Diferente

Vamos comparar a vida a uma caminhada! Nessa caminhada, damos muitos passos importantes, como: faculdade, casamento e ter filhos. É uma tendência nossa nos acomodarmos depois de alguns passos. Porém a vida que Deus nos proporcionou é plena, completa, com conquistas, avanços, é viva e não estática.

Então, dê um passo diferente, olhe para cima e decida subir mais um degrau. Assim como seu corpo trabalha com totalidade para subir degraus. Faça hoje com que cada músculo seu, cada nervo e cada pensamento, trabalhem com totalidade para que você dê um passo diferente.

Decida, se mova, mude e cresça! Você vai gostar desse novo estilo de vida.

 

Por: Josiel Nascimento

Alcance a plenitude do propósito

Como aluno da FATEMI tenho aprendido sobre o tabernáculo, que o único meio de termos uma profundidade na vida cristã, é passarmos pela cruz, a única maneira de resolver a inclinação do homem é passando pela cruz. É na cruz que temos vários benefícios para o tratamento do nosso ego, da escassez, da miséria de nossos comportamentos, da nossa vida pecaminosa.

É a partir da cruz que temos a possibilidade de viver a graça que nos é ensinada mensagem após mensagem.

No livro de Êxodo, a partir do capítulo 25, temos as recomendações dadas por Deus a Moisés, no qual se tratava da montagem do Tabernáculo. Deus deu todas as orientações, todas as recomendações, medidas, cores, cada detalhe com a maior clareza a ser descrita para tal criação bem como cada comportamento frente a várias atividades que ali foram executadas.

Da mesma forma, trazendo para o tempo da graça que vivemos, não precisamos inventar, renovar, restaurar nada do que foi dado a nós. Temos uma visão, instruções e o passo-a-passo de como fazer o nosso trabalho diante do ministério que estamos inseridos.

Ao longo da narrativa de Êxodo, vemos que nada foi mudado, nada foi inventado a partir das ordens que Deus tinha revelado a Moisés, não houve petulância da parte de Moisés em dizer: mas, se eu fizer assim… Mas, se eu fizer de outro jeito, mas, se eu aumentar tantos metros, tantos centímetros ou tantos milímetros… Nada foi mudado nas ordens dadas por Deus.

Para que nosso chamado alcance a plenitude do propósito, precisamos realizar tudo que nos foi proposto com total certeza de que estou fazendo exatamente como a ordem que do alto foi me instruído.